Primeiro Post- Paula Madureira

12:00

Fui convidada para escrever no Blogue da minha querida Mónica Barros, é um portal Beleza e Moda, sobre unhas e estética, aceitei sem hesitar claro…alem de ser um assunto que domino é sempre bom ajudar as lindonas que por ai andam á procura de dicas.

Tentarei ser prática com algumas dicas para deixar as unhas sempre bonitas e saudáveis.
Sou entupida com dúvidas e perguntas do género: “como deixas as unhas mais fortes?”, “o que eu posso comer para fortalecer as unhas?”

Aqui seguem algumas dicas :)

Unhas e saúde em perfeita sintonia

Da mesma maneira como mostramos a nossa personalidade, o estado de espírito e ditamos tendências de moda, também o fazemos através das nossas unhas, também devemos olhar para as nossas próprias unhas e saber o que elas nos querem mostrar  – sim, as unhas são o espelho do nosso organismo e elas mostram como somos e como estamos.

Nossas unhas são compostas por queratina, um tipo de proteína sintetizada que serve para formar diversas estruturas do corpo. Embora fortes, as unhas devem ser flexíveis, brilhantes e lisas, sem irregularidades na lâmina (o local onde se passa o verniz). Traumas na cutícula e na matriz da unha fazem com que elas cresçam tortas e irregulares.
As unhas das mãos, a cada dez dias, crescem cerca de 1mm, 3 vezes mais rápido do que as unhas dos pés.

Uma unha saudável deve aliar o uso de produtos específicos, cuidados diários e, especialmente, uma ingestão suficiente de proteínas, vitamina A e complexo B e sais minerais como zinco, iodo, ferro e cálcio.  Uma má alimentação e a escassez dos nutrientes citados resultam em unhas que se tornam fracas, se quebram com maior facilidade e frequência, descamam, apresentam manchas e se tornam irregulares, além do que, ficam mais susceptíveis a doenças e ao ataque de fungos.

“As unhas são como um espelho da saúde no corpo. Elas devem ser muito bem cuidadas, e qualquer tipo de problema que persista, requer a atenção de um médico.” – Alerta. “Unhas fracas também podem resultar de traumas no leito da unha, deficiências glandulares (hipotireoidismo) e outras doenças como micoses e psoríase.”

Após algumas pesquisas (e encontra-se uma vasta e imensa informação sobre este assunto), retirei algumas coisas que são bastante úteis e práticas, mas antes de mais á que conhecer o mundo das unhas….Parecendo que não…não é um assunto assim tão fácil e pratico como se pensa.

Inicio então os meus postes apresentando as unhas e os problemas mais comuns…á que saber cuidar delas e não só pinta-las…para ter unhas saudáveis temos de as conhecer profundamente…
  
Problemas mais comuns nas unhas
Unhas pálidas, sem cor
Anemia, deficiência de ferro
Unhas ressequidas que quebram com facilidade e descamam
Falta de vitamina A, proteínas e cálcio
Unhas que não crescem
Deficiência de vitamina A e zinco, ou uso de certos medicamentos
Unhas muito finas e quebradiças
Falta de proteína
Unhas com linhas horizontais e frágeis
Falta de vitaminas do complexo B, principalmente a biotina e enxofre. Pode também ser por conta de algum desequilíbrio hormonal
Unhas com linhas verticais e frágeis
Deficiência de ferro ou anemia
Unhas com pontos brancos
Pode ser por deficiência de zinco ou por trauma na base ou leito da unha.
Unhas com manchas escuras e avermelhadas
Pode ser trauma ou sinal de câncer de pele – procure um médico urgentemente
Unhas com manchas amareladas
Problema respiratório como bronquite ou infecção por fungos e bactérias
Unhas que soltam do  leito (base)
Psoríase ou intoxicação por medicamentos
  
E por agora ficamos assim. Para a semana temos mais desenvolvimentos, podem seguir a minha página pessoal My Nails , onde deixo alguns recadinhos e mostro o meu trabalho.


Jokas grandes e fofas para todas


Paula Madureira 

0 comentários